Emergência 193

Notícias

MISSÃO

Bombeiro há mais tempo em atividade vai para a reserva na próxima segunda-feira

29/11/2019 - 17:30
Augusto Pereira

Nascido em Poxoréo, o Major BM Bezerra entrou como soldado no Corpo de Bombeiros Militar em 1979. Neste dia 2 de dezembro, Dia do Patrono dos Corpos de Bombeiros do Brasil, o militar que está há mais tempo em atividade na corporação de Mato Grosso irá para a reserva remunerada depois de 40 anos de serviço.

José Salomão Bezerra nasceu em Poxoréo no dia 19 de abril de 1959. Aos 20 anos entrou no CBMMT, quando ainda dividia uma casa de madeira com o irmão. Ele lembra que a gestão pública não era como agora. “Comecei a trabalhar em março e só recebi o salário em julho. O salário veio retroativo desde março, mas precisava acertar contas no comércio, o que não rendeu nem economia”, conta. Em 1981 Bezerra fez o curso para cabo da Polícia Militar, já que o Corpo de Bombeiros ainda era integrante da PM até 1994. Foram 16 anos como Cabo, parte deles servindo no 2º Batalhão em Várzea Grande. “Fiquei 10 anos no 2º Batalhão, as regras de promoção também eram diferentes”, conta.

As possibilidades de ascensão na carreira militar eram por meio dos cursos e o Cabo Bezerra aproveitou a chance seguinte fazendo o curso de Sargento em Fortaleza, no Ceará. O ano de 1996 foi passado quase inteiramente em Fortaleza, onde ele fez treinamento de salvamar. Sempre aplicado aos estudos, o então 2º Sargento BM Bezerra fez o Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos (CHOA), também em Fortaleza. Em dezembro de 2006 o militar já era Tenente, primeiro degrau da carreira de oficial.

Bezerra conta que as ações mais marcantes foram durante o período de Cabo, em que passou 16 anos. Numa das ocorrências desse período, uma guarnição de bombeiros foi enviada ao município de Paranatinga para a busca de um corpo que foi ocultado pelo assassino. Uma testemunha informou que após o crime, a vítima foi jogada num poço. Foram 25 dias de trabalho, abrindo a largura do poço e bombeando água para encontrar, ao final, somente a ossada da vítima. “Foi um trabalho difícil, porque na região atuavam pistoleiros e os conflitos por poder na época terminavam em morte. Precisamos de proteção de PMs e policiais civis para realizar o trabalho porque havia gente de poder na região interessada em manter o corpo fora da investigação”.

O Major BM Bezerra será promovido a Tenente Coronel no dia 2 de dezembro, ocasião de sua ida para a reserva. A data é celebrada com formatura militar e com promoções de oficiais e praças. É raro um militar que inicia a carreira como soldado chegar a tenente coronel.

O CBM MT também está no Facebook e Instagram. Siga-nos!