Emergência 193

Notícias

GESTÃO EFICIENTE

Seplag orienta Corpo de Bombeiros sobre metodologia e ferramentas da gestão por processos

23/11/2021 - 09:00
Orientação foi realizada durante o workshop de avaliação do desempenho das equipes que estiveram na linha de frente de combate da temporada de incêndios florestais de 2021
Nayara Takahara | Seplag

Seplag orienta Corpo de Bombeiros quanto à metodologia e ferramentas da gestão por processos
Foto por: Christiano Antonucci | Secpm

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio do Escritório de Gerenciamento de Processos (EG-Process), ministrou ao Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) orientações quanto à aplicação da metodologia e das ferramentas da gestão por processos na administração pública.

A orientação foi realizada durante o workshop de avaliação do desempenho das equipes que estiveram na linha de frente de combate da temporada de incêndios florestais de 2021, promovido pelo CBMMT na última semana (17 e 18.11).

"O grande propósito é fortalecer a governança e o planejamento dos demais órgãos em suas operações setoriais em todas as áreas de conhecimento de nossa responsabilidade. E o EG-Process está presente em diversas ações como esta realizada em parceria com o Corpo de Bombeiros”, comentou o secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Seplag, Sandro Brandão.

De acordo com a coordenadora do EG-Process da Seplag, Regina Doy, o objetivo do Escritório é transformar os processos organizacionais em entregas efetivas. “Seja por meio da automação dos processos alinhada ao planejamento estratégico ou da mudança de mentalidade dos servidores na busca da melhoria contínua dos seus procedimentos para atender com qualidade”, disse Doy ao acrescentar “foi muito bom ver os resultados do CBMMT e as ações que implantaram dos insights que tiveram no workshop do ano passado”.

No encontro, realizado no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária (Famato), foram analisados, entre outros temas, o que foi executado do planejado para a temporada de incêndios deste ano e os pontos que precisam ser aperfeiçoados no plano de operações para 2022.

“Todo ano fazemos o fechamento das nossas ações, principalmente nessa área ambiental. Nós temos o apoio muito forte da Seplag, que é o setor estratégico do Governo do Estado para o planejamento, justamente para que tenhamos um processo muito bem definido e muito bem feito para executar no ano que vem”, declarou o comandante-geral do CBMMT, coronel Alessandro Borges.

Somente neste ano, o Governo de Mato Grosso investiu R$ 73 milhões nos órgãos estaduais que atuam no combate aos incêndios. Por meio desse recurso foram adquiridos equipamentos individuais, de monitoramento em tempo real, entre outros materiais.

Também em 2021 foram implementadas 16 brigadas municipais mistas, como instrumento de auxílio aos trabalhos preventivos, nas localidades de Gleba Mercedes, Nova Mutum, Cláudia, Diamantino, Canarana, Jauru, Comodoro, Aripuanã, Marcelândia, Peixoto de Azevedo, Nova Monte Verde, Rosário Oeste, Nobres, São José do Rio Claro, Lucas do Rio Verde e União do Sul.

O CBM MT também está no Facebook e Instagram. Siga-nos!